fechar
fechar
Notícias
/
Eventos
Nenhuma notícia encontrada
A Monstra e os Outros

Toda a gente é o Monstro de alguém (…) somos todos o Outro.
Emil Ferris

Embora tivesse co-criado o Captain America duas décadas antes, leitores consideram que Jack Kirby descobriu a sua voz (e o primeiro grande house-style da Marvel) depois dos 40 anos, nas páginas dos Fantastic Four. Famosamente, Darwyn Cooke encontrou um espaço para si no mercado de comics aos 37 anos, depois de uma carreira diversa no mundo da moda e da animação, onde Bruce Timm reconheceu o seu talento.
Num meio onde muitos artistas famosos começaram jovens, muitas vezes em regime de aprendizado, sempre houve revelações tardias, mas talvez nenhuma tão única quanto a de Emil Ferris.

Nascida em 1962, Ferris teve um percurso atribulado, marcado por questões identitárias, o inflamar das tensões dos direitos civis em Chicago e profundos desafios motores que não a detiveram. Ah, e monstros, muitos monstros. My Favorite Thing Is Monsters foi concebido como um diário. As suas páginas contêm uma mistura incrível da informalidade de um desenho a esferográfica em papel pautado com a intimidade profunda e onírica da pequena Karen Reyes, alter-ego de Ferris.

Depois da autora bater à porta de inúmeras editoras, com respostas negativas e cancelamentos de publicação, couberam à Fantagraphics os louros de ter reconhecido e publicado esta obra única. Em 2016, porém, o cargueiro que transportava o primeiro volume da trilogia My Favorite Thing Is Monsters foi temporariamente sequestrado no Canal do Panamá, após a bancarrota da empresa de transportes. É como se a obra, uma parcial autobiografia, tivesse o condão de Ferris para sobreviver a percursos acidentados. Feitas as contas de 2017, a Publisher’s Weekly acabou de considerar My Favorite Thing Is Monsters o livro de topo da crítica, o que a juntar ao prémio Ignatz e às críticas impressionantes, coloca o livro num panteão inacessível a muitos veteranos do ramo.
The Comics Journal dedicou-lhe este mês um episódio do seu podcast Comic Book Decalogue mas temos mesmo de partilhar também a sua
entrevista de Março passado com a famosa entrevistadora Terry Gross.

Dado o anonimato que precede a sua publicação, é tentador dizer que é uma obra-prima nascida do nada mas sería no mínimo irónico atribuir ao vazio um livro criado por uma vivência tão plena.

Com o segundo volume da trilogia, a revolução/revelação continua em Agosto de 2018.

27 Dezembro
0
Ler mais
London Calling

Em tempos, antes dos novelos de dinossauros de ‘King Kong’ e do melaço dourado da trilogia ‘The Hobbit’, o versátil realizador Peter Jackson capturou a atenção do mundo com a sua adaptação d’O Senhor dos Anéis de Tolkien. Constatando em primeira mão que o cinema tinha o poder de ambicionar ainda mais no que respeita a épicos de fantasia, Jackson começou a caçar os direitos de várias obras. Os fãs seguem, há quase duas décadas, as migalhas de informação que vão surgindo sobre projectos como Temeraire, a adaptação do romance de fantasia de Naomi Novik em que dragões são parte do arsenal nas guerras napoleónicas, ou o remake do seminal filme de guerra The Dam Busters, a inspiração original para o clímax de Star Wars: A New Hope.

Porém, o primeiro desses projectos semi-míticos a emergir é Mortal Engines. O tomo que inicia uma série de quatro livros, Mortal Engines é um romance de fantasia steampunk escrito por Philip Reeves, vencedor, entre outros do Guardian Children’s Fiction Prize.
Paisagens pós-apocalípticas são governadas por cidades andantes, que recordam a Zodanga marciana de Edgar Rice Burroughs e que devoram povoados mais pequenos. Dois jovens heróis, provindos de mundos opostos, são os principais protagonistas desta série de culto. O primeiro trailer, agora estreado, dá-nos uma primeira impressão de Londres, uma espécie de zigurate aracnídeo coroado pela St. Paul’s Cathedral.

Jackson reune-se à sua própria irmandade, co-escrevendo o guião com Fran Walsh e Philippa Boyens. Na realização, Jackson autentica o seu protegido, aprendiz e fiel storyboarder Christian Rivers.

All rights © Universal and MRC

19 Dezembro
0
Ler mais
Nenhum evento encontrado
Nenhuma evento encontrada