fechar
fechar

QuemPorquêQuandoComo: Jorge Coelho

03 Dezembro

Nome:

Jorge Coelho

De onde és? Quantos anos tens?

Eu sou de Lisboa, Portugal, colheita de 77 …

Como é que a zona onde cresceste influenciou os teus gostos / trabalho?

Muito, sou uma criança suburbana que viveu profundamente a década de 90, morava numa cidade multicultural com muitas pessoas de diferentes partes do país e do mundo também. Éramos na maior parte, miúdos de classe média baixa, não havia internet,  então nós encontravamo-nos ao vivo, e íamos inventando o que fazer, improvisando jogos e encontrando maneiras de manter os nossos interesses, a BD era e ainda é uma das principais maneiras de escapar para a fantasia …

BDs favoritas, filme, livro, programa de televisão, banda, enquanto crescias?

Batman Year One, Pulp Fiction, The Art of War, The Twilight Zone / Star Trek, The Smashing Pumpkins …

Criadores favoritos e seu impacto no teu trabalho?

Nos anos de desenvolvimento, Frank Miller, John Byrne, Mike Mignola, Arthur Adams e Michael Golden. Agora é principalmente Sean Murphy.

Quando é que é começaste a pensar que fazer BD poderia vir a ser o teu emprego?

Quando entrei! Antes era muito difícil manter a fé, eu já era um Ilustrador por isso já estava feliz com o que era. Mas a um nível mais profundo, sonhava tornar-me um artista de BD desde os quatro anos de idade, antes de saber escrever ou ler…

Como foi o caminho para lá chegar?

Sinuoso, divertido e imprevisível. Cheio de experiências criativas e com um esforço de equipa, também, porque era (e ainda sou) parte do The Lisbon Studio onde ajuda e análise mútuas estiveram lá sempre para mim.

Como é o teu dia de trabalho?

Acordar, banho ou ginásio, comer alguma coisa leve, beber café, metro, estúdio, trabalho, almoço, trabalho, metro, casa e relaxar… quando estou a lidar com um prazo substituir relaxar com as páginas mais urgentes…

Ferramentas do ofício?

Pigmento! Tinta da China sempre, com um papel decente, aparos Deleter Maru e pincel Windsor & Newton Series 7 tamanho 3, caneta Posca branca, caneta correctora UHU, réguas e moldes de elipses.

Melhores/piores partes do trabalho?

Artes-finais e conceber as composições (layouts). A pior, os prazos, porque queres sempre fazer melhor.

Quebras criativas, tens? Como é que as superas?

Tenho sempre micro quebras criativas durante a fase dos layouts… é nessa fase que tenho todas as minhas dúvidas e bloqueios mais importantes e a partir daí que a narrativa tem de fluir bem.

Vida social? É possível ter uma?

Sim, mas principalmente entre números e aceitar novos projectos.

Convenções de comics? Sim ou não?

Sim, é o local para encontrar e comunicar directamente com os leitores, que são os nossos patrões.

Projecto favorito?

John Flood.

Projecto de sonho?

Sandman COM o Neil Gaiman.

Opiniões sobre o estado actual do meio?

Falta de respeito/educação da parte de grupos politicamente motivados para com escritores e artistas, a par de variedade e qualidade incríveis em diferentes trabalhos a serem feitos neste momento.

Não necessariamente alinhados com as vendas. Surreal, é o que acho.

Projectos de autor versus projectos encomendados?

Ambos! Há virtudes em ambos.

Jorge Coelho,  ilustrador/ cartoonista, actualmente desenha para o mercado norte americano em editoras como a Marvel (Rocket Raccoon, Haunted Mansion, Loki Agent of Asgard, Agent Venom), BOOM! Studios (John Flood, Sleepy Hollow, Polarity) e Image Comics (Zero).

Twitter: @JCoelhoPT

Image gallery

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *