fechar
fechar

Kurt Busiek mergulha no coração escuro de Gotham, em busca de Batman, nascido do trauma pessoal, destinado a ser uma eterna fonte de medo. Porém, Busiek explora Batman como ícone mítico, observado por um jovem Bruce Wainwright, uma criança de Boston que descobre o quão a sua vida “real” espelha a ficção de Batman/Bruce Wayne.

A nova mini-série Batman: Creature of the Night forma um díptico não oficial com o trabalho prévio de Busiek em Superman: Secret Identity, então ilustrado por Stuart Immonen. Do desenho, está desta vez encarregue John Paul Leon, o seu trabalho recentemente aclamado em Mother Panic. Evocando o estilo realista rápido de muito do trabalho de ilustração editorial americano dos anos 70, Leon constrói actores e cenários fortes para o guião alternativo de Busiek.

Na caligrafia, um artista de topo – o mestre Todd Klein dedica grande parte das páginas à voz cursiva de um narrador assombrado, conferindo uma estética manuscrita sem a qual as palavras de Busiek perderiam muita da sua intimidade.

Todos os direitos © DC Comics

Em Aquaman Annual #1, a cidade de Crownspire tornar-se-á um oásis de paz e prosperidade para os seus habitantes humanos e atlantes.
O escritor Philip Kennedy Johnson dá-nos um vislumbre desse futuro utópico onde nem tudo é o que parece. A DC apostou na estética invulgar do desenho de Max Fiumara, acompanhado nas cores pelo veterano Dave Stewart, famoso pelo seu trabalho nas páginas de Hellboy e no resto do chamado Mignolaverse.

O site Comics Beat divulgou algumas páginas em exclusivo que podem ser vistas aqui.

© DC Comics

A mais famosa relação de amor-ódio dos comics tem uma origem e Tom King quer contá-la.
Em Batman Annual #2, o argumentista reune-se com o desenhador Lee Weeks, com quem assinou Batman/Elmer Fudd.
Em jogo estão sentimentos, sentido de justiça e as chaves do Batmobile.

© DC Comics